bruno motorista

O Passeio ao Paraguai consiste basicamente a compras pessoal, assim para as pessoas que não estão afins de fazer compras e não gostar de casinos, realmente não terá nada de interessante para ser ver em Ciudad del Este, porem se você for um consumista Ciudad del Este é um lugar que você encontra de tudo (eletrônicos, cosméticos, perfumaria, vestuário, bebidas, chocolates, brinquedos, joias, bugigangas e muito mais).

Bom seguem pequenas dicas que fazem toda diferença.

Compras no Paraguai - Ciudad del Este

Bom seguem pequenas dicas que fazem toda diferença.

Tudo que se vende nas ruas, nas barracas são produtos piratas genéricos, te afirmo com 100 % de certeza que você está levando gato nas ruas.

Os maiores golpes que os turistas levam são em pequenas vantagens, fazer cambio nas ruas por R$ 10,00 ou R$ 20,00 de diferença.

Não corra riscos não atravesse para o Paraguai nos ônibus de linha ou a pé, quem vai ao Paraguai vai com intenção de comprar, se você irá comprar você tem dinheiro ou cartões de credito, assim sendo você fica visado, então tomem cuidado, na volta jamais entre em uma van clandestina paraguaia você não sabe quem trabalha honestamente, e quem está ali para assaltar você, é preferível você retornar de moto taxi, apesar de não ser recomendável.

O Paraguai usa um fuso horário de -4 horas, ou seja uma hora a menos que no brasil, então na hora de marcar um ponto de encontro com um horário, não confiem em seus celulares, ou se atente que você está em um fuso horário diferente.

Prepare o espirito pois os vendedores de meias vão te atormenta por todo o caminho nas ruas, se você acha que comprando 6, 7 ou até 10 meias por R$ 10,00 eles vão parar de te atormentar, doce engano se tinha um vendedor de meias, irão ter 4 ou 5 deles te cercando te rodeando, eu recomendo que não compre não de atenção a eles.

Há vários paraguaios que ficam na porta dos principais shoppings, das principais lojas, te abordando para levar você para comprar em outro lugar que é mais barato, isso é um grande risco pessoal, muito desses levam você para comprar em loja que tem produtos no mínimo duvidoso, para não afirmar que são gatos que estão vendendo, mas isso é no melhor cenário, no pior cenário eles levam turistas para ruas afastadas para assaltar os turistas, muito cuidado.

Lembre-se a cota por pessoa são U$$ 300,00 se você for gastar mais que isso procurem lojas que te entreguem no hotel, para não correr o risco de você atuado por um fiscal da receita na aduana brasileira, em geral os carros de turismos privativos passam sem serem fiscalizados na aduana, mas seguro morreu de velho, outra coisa quando você optarem pela entrega no hotel, combine o pagamento no momento em que você receber, lojas “confiáveis” que fazem essas entregas são a casa Bariloche, o grupo Matrix, Sax e a Loja Santa Cruz (Grupo Casa Bo).

Jamais usem seus cartões de credito nas ruas paraguaias, não recomendo usar em shoppings populares principalmente nas lojas desconhecidas.

Outro ponto que é complicado é comer no Paraguai, a poucos lugares limpos e decente para se fazer uma refeição, locais recomendados, restaurante no shopping Monalisa, praça de alimentação do shopping Afonso, praça de alimentação do shopping del este, lanchonete da casa china (tem as deliciosas empadas da bett’s).

Agora que você conhece os riscos e não vai cair nessas armadilhas no Paraguai é só aproveitar suas compras.